Facebook
arte-clima-guanhaes

Prefeitura realiza vistoria e acompanha acidente ambiental em Guanhães

Após denúncia referente ao derramamento de carga, ocorrido na manhã desta quinta-feira, 25, na Avenida Governador Milton Campos com a Rua Doutor Lopes, foi realizada vistoria do Departamento de Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Guanhães.

No local, pôde-se verificar que uma carreta tanque com a capacidade de quase 25 mil litros de emulsão asfáltica (RL 1C) teve sua válvula do tanque de armazenamento quebrada ao tentar subir a Rua Doutor Lopes, liberando, assim, toda a carga transportada. O material foi escoado para o bueiro e, logo, atingindo o Ribeirão Vermelho, que deságua no Ribeirão Graipú, que por sua vez, deságua no Rio Corrente Grande.

O Departamento de Meio Ambiente, em conjunto com a equipe de Vigilância Sanitária e Policia Militar, realizou todos os procedimentos necessários.Como a competência de atuação neste caso não é diretamente do município, foram acionados órgãos ambientais em outras esferas, como o Comitê de Bacias, Vigilância Ambiental, IGAM, FEAM, entre outros. Além disso, os órgãos ambientais regionais e a perícia da Polícia Civil foram acionados, cidades da bacia hidrográfica foram avisadas, além de ter sido feita a sinalização do local do acidente e limpeza da rua afetada.  

A empresa responsável pela carga realizará estudos ambientais, a fim de mitigar os impactos ambientais causados.Todo o procedimento foi e será acompanhado de perto pela equipe da Prefeitura e medidas para evitar tais incidentes já estão sendo estudadas. Além disso, a Petrobrás deslocou uma equipe especializada do Centro de Defesa Ambiental. Eles vistoriaram o leito do Ribeirão Graipú e Rio Vermelho até a foz dos dois rios no Rio Corrente. Numa primeira análise, foi constatado que houve diluição do material, sem maiores danos ao meio ambiente.