Facebook
arte-clima-guanhaes

PROCON dá dicas de compras na Semana Santa

ovos-pascoaO PROCON Regional Municipal de Guanhães, Dores de Guanhães e Senhora do Porto faz um alerta aos consumidores sobre alguns cuidados que devem ser tomados ao comprar produtos típicos da Páscoa, como ovos de chocolate e pescados.

Para os ovos de Páscoa, a diretora do PROCON, Ana Paula Pereira, lembra que, após definir o tipo de ovo a ser comprado, o consumidor deve pesquisar  preços, pois eles podem variar bastante de um local para o outro. Existem fabricantes que possuem lojas próprias e podem oferecer um preço melhor. “É preciso ficar atento para o rótulo do ovo, com informações do fabricante, data de validade, peso e composição”, acrescenta Ana Paula.

Atenção aos ovos que possuem brinquedos. “Os pais devem verificar se estão de acordo com a idade dos filhos e se são aprovados pelo Inmetro”, orienta a diretora, que lembra, ainda, que o prazo para reclamar sobre qualquer problema é de 30 dias.

Dicas sobre compra de pescados

  • As principais recomendações na hora de comprar pescados são o conhecimento da procedência do produto e a pesquisa de preços nos diversos estabelecimentos.
  • Os estabelecimentos que fornecem alimentos, como os açougues e peixarias, devem sempre estar completamente limpos. No supermercado, o pescado deve estar exposto em balcão frigorífico sendo que o encarregado das vendas deverá usas luvas descartáveis, avental e touca.
  • O peixe deve ter a carne firme, os olhos salientes e brilhantes, guelras avermelhadas e escamas que não soltem com facilidade. As condições de condicionamento e refrigeração também deverão ser observadas.
  • Bacalhau pesquisa precosO Bacalhau, principal produto na Semana Santa apresenta grande variação de preços e para não levá-lo totalmente estragado ou contaminado para casa, o consumidor deve observar a inexistência de manchas avermelhadas ou pequenos sinais pretos. Estas características dão indícios, ao comprador, de que o pescado está em processo de deterioração ou contém mofo.
  • Atenção para a data de validade, sendo que alimentos vencidos ou que apresentem qualquer anormalidade são impróprios para o consumo.
  • A vigilância sanitária deverá ser comunicada em caso de falta de higiene nos estabelecimentos.

A equipe do Procon está à disposição na Travessa Monsenhor Pinheiro, 16 e pelo telefone 3421-4862.