Facebook
arte-clima-guanhaes

Guanhães intensifica luta contra abuso sexual

palestra abuso Marcando o início da campanha nacional de luta contra o abuso e  exploração sexual de crianças e adolescentes, jovens de 13 a 16 anos de  Guanhães estão recebendo orientações sobre as formas de abordagens  desse tipo de crime. Com o tema já conhecido, “Faça Bonito. Proteja  nossas Crianças e Adolescentes”, palestras e caminhadas ocorrem até o  final de maio.

 A coordenadora do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), Marcela  Penna, abordou, durante uma palestra para adolescentes, as redes socais  e incentivou a denúncia. “Pedófilos usam o facebook para se aproximarem  de crianças, eles são simpáticos e tentam iludir a vítima de várias  formas”, comentou Marcela.

Os estudantes assistiram à palestra com os olhares atentos. “Eles têm várias dúvidas, sempre referente às redes sociais, eles até exemplificam  casos bem próximo. O mais pertinente são os abusos dentro de casa,”  explicou a coordenadora.

 “Presentes caros, balas, bombons, viagens, promessa de vida fácil e rica  são utilizados como moeda de troca,” exemplificou Marcela. A criança vítima ou alguém que tenha conhecimento deste tipo de crime deve denunciar imediatamente para a polícia (190) ou procurar ajuda de um professor (ou adulto).

O abuso sexual ocorre de várias formas: um jogo de sedução, ou até mesmo o ato sexual, em que o agente abusador já tem experiência, e visa a satisfação pessoal. Estas práticas geralmente são impostas às crianças ou adolescentes, por meio de violência física, ameaças, ou em alguns casos, induzindo-as, convencendo-as.