Facebook
arte-clima-guanhaes

Dia de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes é lembrado em Guanhães

ok postarA prefeitura de Guanhães se sensibilizou no mês de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes e abraçou a campanha nacional “Faça Bonito. Proteja nossas crianças e adolescentes”, por meio da secretaria municipal de Assistência Social, Conselho Tutelar e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente.

 

Na última sexta, 16, a praça JK recebeu centenas de alunos de escolas municipais e estaduais, professores, diretores, além de membros do Conselho Tutelar, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, CRAS, CREAS, representantes da ACIG, vereadores e diversas autoridades, todos reunidos para a caminhada, que aconteceu por volta das nove horas e percorreu a rua Odilon Behrens e a avenida Milton Campos como forma de provocar discussão sobre o tema na cidade.

 

Além disso, no mês de maio, várias ações foram realizadas para conscientizar a população quanto à necessidade de ser denunciado qualquer sinal de abuso ou violação (pelo Disque 100), através de palestras nas escolas e trabalhos com os grupos de convivência do CRAS e também no CREAS.

 

Palestra na Câmara enriqueceu a programação

 

No período da tarde, às 14 horas, o auditório da Câmara Municipal de Guanhães ficou cheio de autoridades, jovens e adultos para assistirem à palestra da presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente e coordenadora especial da Política Pró-infância, Eliane Quaresma, que veio de Belo Horizonte para compartilhar seus conhecimentos com os presentes. “O abuso sexual pode ocorrer com ou sem contato físico, muito comum na internet. Registramos casos também dentro de casa”, alertou Eliane Quaresma.

Participaram do encontro o promotor da Infância e Juventude da Comarca de Guanhães, Márcio Kakumoto, o capitão da 25º Cia. da Polícia Militar de Guanhães, Gilberto Costa, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Francisca Marques, a delegada Alexandra Gonçalves de Oliveira, a secretária municipal de Assistência Social, Darly Francisca Barroso, entre outros.

           

         Dados da Organização Mundial de Saúde indicam que, a cada quinze segundos, uma criança ou adolescente sofre algum tipo de abuso  no mundo. No Brasil, a violação ocorre a cada oito minutos. 

 

posiat postar

(Foto: Vander Andrade)