Facebook
arte-clima-guanhaes

Dia Mundial de Luta Contra a AIDS - 1º de dezembro

Dia Mundial de Luta Contra a AIDS - 1º de dezembro

O Dia Mundial de Luta Contra a AIDS é celebrado no dia 1º de dezembro por uma decisão da Assembléia da Organização Mundial de Saúde, realizada em outubro de 1987, com apoio da ONU. No Brasil, a data passou a ser adotada, a partir de 1988. 

Segundo estimativas do Ministério da Saúde, o número de pessoas infectadas pelo HIV no Brasil é de aproximadamente 530.000. Dessas pessoas, 25,4% não sabem que estão infectadas, e cerca de 30% dos pacientes ainda chegam ao serviço de saúde tardiamente.

                                                                   O que é HIV
É o causador da AIDS. O HIV (vírus da imunodeficiência humana) recebe esse nome, pois destrói o sistema imunológico. Ter o HIV não é a mesma coisa que ter a AIDS. Há portadores do vírus (soropositivos) que vivem anos sem apresentar sintomas e sem desenvolver a doença. Mas, podem transmitir o vírus a outros pelas relações sexuais desprotegidas, pelo compartilhamento seringas contaminadas ou de mãe para filho durante a gravidez e a amamentação. Por isso, é sempre importante fazer o teste e se proteger em todas as situações. 

                                                                  O que é AIDS
AIDS é a Síndrome da Imunodeficiência Humana, e se caracteriza pelo enfraquecimento do sistema de defesa do corpo e pelo aparecimento das doenças oportunistas. Como esse vírus ataca as células de defesa do nosso corpo, o organismo fica mais vulnerável a diversas doenças, de um simples resfriado a infecções mais graves como tuberculose e até alguns tipos de cânceres.

                                                                  Como se pega o HIV
Como o HIV, está presente no sangue, sêmen, secreção vaginal e leite materno, o vírus pode ser transmitido de várias formas:

• Sexo sem camisinha (oral, vaginal ou anal);
• Compartilhando agulhas e seringas contaminadas;
• Da mãe infectada para o bebê durante a gravidez, na hora do parto e/ou amamentação;
• Transfusão de sangue contaminado com o HIV;
• Instrumentos que furam ou cortam, não esterilizados.

Evitar a doença não é difícil. Basta usar camisinha em todas as relações sexuais e não compartilhar seringa, agulha e outro objeto cortante com outras pessoas. 


                                                         Acompanhamento médico
O acompanhamento médico da infecção pelo HIV é essencial, tanto para quem não apresenta sintomas e não toma remédios (fase assintomática), quanto para quem já exibe algum sinal da doença e segue tratamento com os medicamentos antirretrovirais, fase que os médicos classificam como AIDS.

Tomar os remédios conforme as indicações do médico são fundamentais para ter sucesso no tratamento. O uso irregular dos antirretrovirais acelera o processo de resistência do vírus aos medicamentos, por isso, toda e qualquer decisão sobre interrupção ou troca de medicamentos deve ser tomada com o consentimento do médico que acompanha o paciente. 

O Dia Mundial de Luta contra a AIDS foi criado para informar a população sobre a necessidade de prevenção da doença. O preconceito e a discriminação são as maiores barreiras no combate à doença, e os estigmas são provocados principalmente pela falta de conhecimento, mitos e medos.  
Há distribuição de preservativos nos PSF's. 
Procure o seu para maiores informações.
Área de anexos

Servidores municipais se solidarizam pelo falecimento de Dalva Menezes

Servidores municipais se solidarizam pelo falecimento de Dalva Menezes

O mundo nos prega muitas surpresas. Muitas nos fazem sofrer, trazem tristeza, dor e luto. A sua partida, foi uma dessas surpresas imprevisíveis do destino que nos tiram o chão. Ninguém poderia imaginar que você nos deixaria tão cedo.
Você deixou um imenso vazio em nossas vidas e em nossos corações. Você sempre estará viva em nossas lembranças, sempre fará parte de nossas vidas nas grandes e pequenas recordações.

Nossas homenagens à servidora pública por 30 anos na Prefeitura Municipal de Guanhães, Dalva Maria de Menezes Caldeira.

Prefeitura Municipal de Guanhães

Secretarias se unem para aplicar Programa Saúde na Escola

Secretarias se unem para aplicar Programa Saúde na Escola

A Secretaria Municipal de Saúde de Guanhães em parceria com a Secretaria Municipal da Educação, desde o final do mês de outubro, está desenvolvendo o Programa Saúde na Escola (PSE). O Programa visa uma política intersetorial da Saúde e da Educação e foi instituído em 2007 voltadas às crianças, adolescentes, jovens e adultos da educação pública brasileira. Estes dois setores se uniram para promover saúde e educação integral aos estudantes. O PSE é uma estratégia de integração para o desenvolvimento da cidadania e da qualificação das políticas públicas brasileiras.

Durante o desenvolvimento do projeto, a Secretaria Municipal de Educação vem realizando as seguintes ações:

  1. Avaliação antropométrica que é a aferição de peso e altura para cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC) com o objetivo de verificar se as crianças estão com baixo peso ou obesas. Em casos confirmados, as crianças com alterações são encaminhadas para acompanhamento de nutricionista.
  2. Teste de Snellen que é a verificação da capacidade visual dos estudantes. As crianças com alterações são encaminhadas a um oftalmologista.
  3. Situação Vacinal, quando são verificados os cartões de vacina das crianças para que sejam feitas as atualizações necessárias. As famílias das crianças com cartões desatualizados são orientadas a comparecer ao seu PSF para sua regularização.

O Programa se encerra neste mês de Dezembro e pretende atender a centenas de alunos das redes municipal e estadual de ensino, bem como as creches e EJA.

Secretaria Municipal de Saúde alerta sobre o Novembro Azul

     Secretaria Municipal de Saúde alerta sobre o Novembro Azul

O mês de novembro é internacionalmente dedicado às ações relacionadas ao câncer de próstata e à saúde do homem. O mês foi escolhido pois o DIA 17 é o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata.

O câncer de próstata é o sexto tipo mais comum no mundo e o de maior incidência nos homens. As taxas da manifestação da doença são cerca de seis vezes maiores nos países desenvolvidos.

Cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem em homens com mais de 65 anos. Quando diagnosticado e tratado no início, tem os riscos de mortalidade reduzidos. No Brasil, é a quarta causa de morte por câncer e corresponde a 6% do total de óbitos por este grupo.

Prevenção

A próstata é uma glândula que só o homem possui, localizada na parte baixa do abdômen. Situa-se logo abaixo da bexiga e à frente do reto. A próstata envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada. Ela produz cerca de 70% do sêmen, e representa um papel fundamental na fertilidade masculina.

Uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais e com menos gordura, principalmente as de origem animal, ajuda a diminuir o risco do câncer. Especialistas recomendam pelo menos 30 minutos diários de atividade física, manter o peso adequado à altura, diminuir o consumo de álcool e não fumar.

Homens a partir dos 50 anos devem procurar um posto de saúde para realizar exames de rotina. Os sintomas mais comuns do tumor são a dificuldade de urinar, frequência urinária alterada ou diminuição da força do jato da urina, dentre outros. Quem tem histórico familiar da doença deve avisar o médico, que indicará os exames necessários.

Exames

O toque retal é o teste mais utilizado e eficaz quando aliado ao exame de sangue PSA (antígeno prostático específico, na sigla em inglês), que pode identificar o aumento de uma proteína produzida pela próstata, o que seria um indício da doença. Para um diagnóstico final, é necessário analisar parte do tecido da glândula, obtida pela biópsia da próstata.

A Sociedade Brasileira de Urologia recomenda que todos os homens com 45 anos de idade ou mais façam um exame de próstata anualmente, o que compreende o toque retal feito e o PSA. Segundo especialistas, o toque retal é considerado indispensável e não pode ser substituído pelo exame de sangue ou por qualquer outro exame, como o ultrassom, por exemplo.

Tratamento

Caso a doença seja comprovada, o médico pode indicar radioterapia, cirurgia ou até tratamento hormonal. Para doença metastática (quando o tumor original já se espalhou para outras partes do corpo), o tratamento escolhido é a terapia hormonal.

A escolha do tratamento mais adequado deve ser individualizada e definida após médico e paciente discutirem os riscos e benefícios de cada um.

Procure o seu PSF para maiores informações!!!

Casa de apoio para pacientes de Guanhães em BH

Na estrada rumo para a saúde

A Casa de Apoio Santa Tereza tem sido uma grande aliada e ponto de referência para centenas de pacientes de Guanhães que necessitam de tratamento fora do município. O local atende todas as pessoas que necessitam ir a Belo Horizonte para realização de tratamentos, consultas e exames médicos. Em nossa viagem junto aos usuários do programa de Tratamento Fora de Domicílio (TFD), constatamos a importância dos serviços prestados pela equipe da secretaria municipal de saúde do município, desde as marcações de consultas e exames, até o transporte dos pacientes à Belo Horizonte e a outras cidades, como Diamantina, Itabira e Coronel Fabriciano.

A Casa de Apoio Santa Tereza que é conveniada com o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Centro Nordeste Mineiro – CISCEN, oferece aos pacientes café da manhã, almoço básico e jantar no caso de pernoite. Segundo Breno Henrique Silva Santos e Alair Ricardo Ferreira, coordenadores da casa, em média 30 procedimentos de Guanhães são realizados todos os dias na casa de apoio. “A casa não é somente um espaço físico para receber e alojar os pacientes, realizamos um trabalho de triagem destes pacientes até seu destino final, hospitais ou clínicas, e posteriormente retornamos com os mesmo até a casa,” frisou Breno. Já Alair ressaltou que é muito importante a prestação de serviço assistencial, principalmente quando o paciente passa por um período permanente na casa.

Em entrevista a nossa equipe de comunicação, Dona Maria Rosária de Souza, 53 anos, não escondeu sua satisfação em poder participar do programa. Ela comentou sobre as vantagens em poder se locomover até outros centros para tratar de seu problema de saúde relacionado a dermatologia.” Para mim é muito bom, só de poder contar com outros especialistas e sentir melhorias com o tratamento já vale a pena,” enfatizou Rosaria.

Segundo Alisson Silveira Dias, coordenador do TFD, em torno de seis mil procedimentos são realizados anualmente pela secretaria municipal de saúde de Guanhães.

Todo o programa de transporte de pacientes faz parte do Sistema Estadual de Transporte em Saúde (SETS) que é uma ação criada pelo Governo de Minas Gerais para garantir à eficiência das redes de atenção a saúde e tem como objetivo garantir o deslocamento do paciente, usuário do Sistema Único de Saúde (SUS) para a realização de seus exames e/ou consultas especializadas fora de seu domicilio, através de veículos, tipo microonibus equipados com ar condicionado, TV, DVD, e poltronas reclináveis. Fiando a cargo do município sua operacionalidade, como: manutenção dos veículos, abastecimento e funcionários.

O dia a dia dos motoristas e agentes de bordos nos chamou a atenção pela responsabilidade e seriedade que conduzem à vida destes usuários que procuram melhores condições para o tratamento de sua saúde. Faça sol, faça chuva ou frio, mesmo diante dos perigos e das intempéries, lá vão os guerreiros da estrada e da saúde, prontos para oferecer o melhor atendimento e atenção aos usuários do sistema único de saúde SUS. Nossos parabéns a toda a equipe da secretaria de saúde, em especial aos motoristas que transportam estes pacientes via TFD, são eles:

SETS e veículos baixos:

Alexsandro Junior Chaves -José Maria Pascual - José Maria da Silva Messias Aparecido dos Santos - Renauro Rostan - Ronaldo Célio Gomes dos Reis

Veículos baixos e vans:

José Carlos dos Santos - Eduardo Miranda Pires - Franklin Walisson - Cleiton Aguiar - Amarildo da Silva - Magno Dias Pintor - Dalmo Caldeira - Reginaldo Damasceno - Geraldo de Pinho Marques - Edenilson Leandro Dias
André Martins

HIran Braulino Neto – secretário adjunto da secretaria de saúde e coordenador do transporte da saúde

Humanizar é preciso. A saúde, nossa prioridade. Este é nosso caminho.

Secretaria de Administração e Recursos humanos – setor de comunicação

Secretaria Municipal de Saúde

Veja nais fotos:

https://www.facebook.com/prefeituraguanhaes/posts/1212341102165569

Outubro Rosa

Em todo mundo a adesão ao movimento "Outubro Rosa", vem chamando a atenção, para a realidade explicita do câncer de mama tão como a importância do diagnóstico precoce.
È louvável e gracioso perceber o sentido da importância da luta contra o câncer que ainda mais mata mulheres em todo o mundo.

No entanto, este mês é marcado em especial para a conscientização e para reflexão e oração para aquelas que já foram devido ao câncer de mama.

Então, faça seu exame de mamogrfia. 

Procure seu PSF e se inforforme.

CRONOGRAMA OUTUBRO ROSA

PSF

DATA

EQUIPE

CENTRO

18/10/2016

DÉBORA

MILÔ

27/10/2016

GABRIEL, DANIELE, ERLANE

FARIAS

19/10/2016

JAQUELINE

TAQUARAL

20/10/2016

JAQUELINE

     

CORRENTINHO

14/10/2016

DANILO,

ALVORADA

20/10/2016

DANIELE, ERLAINE

SAPUCAIA

18/10/2016

ANDRÉIA

VERMELHO

19/10/2016

VANUZA

AGRODER

20/10/2016

ANA MARIA

SANTA TEREZA

21/10/2016

ERLAINE

CRONOGRAMA OUTUBRO ROSA

PSF

DATA

EQUIPE

CENTRO

18/10/2016

DÉBORA

MILÔ

27/10/2016

GABRIEL, DANIELE, ERLANE

FARIAS

19/10/2016

JAQUELINE

TAQUARAL

20/10/2016

JAQUELINE

     

CORRENTINHO

14/10/2016

DANILO,

ALVORADA

20/10/2016

DANIELE, ERLAINE

SAPUCAIA

18/10/2016

ANDRÉIA

VERMELHO

19/10/2016

VANUZA

AGRODER

20/10/2016

ANA MARIA

SANTA TEREZA

21/10/2016

ERLAINE

Neste mês de outubro, declare o seu AMOR por VOCÊ MESMA!

A prefeitura municipal de Guanhães comunica a população de Guanhães que está sendo realizado nos PSF's o dia D de atendimento á mulher. Segue a planilha com os locais e as datas. O atendimento será de 08:00 ás 17:00. Terá a realização de exames preventivos e exames clínicos das mamas. Você que tem de 50 a 69 anos,e tem mais de 2 anos que não faz mamografia, peça ao enfermeiro ou médico o seu pedido.