Facebook
arte-clima-guanhaes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: infestação de pernilongos

repelente natural dengue pernilongoEm resposta aos questionamentos da população sobre a infestação de pernilongos na cidade, a Secretaria Municipal de Saúde comunica que:

Durante todo o ano, o município vem realizando ações e medidas preventivas de combate à dengue. Todas as ações realizadas influenciam também diretamente no combate ao pernilongo, já que se reproduzem da mesma forma (em água parada).

Ações como mutirões de limpeza, manipulação ambiental (retirada do lixo de residências e terrenos baldios), nebulização com equipamento ultra baixo volume (UBV) nos pontos estratégicos e em 300 metros em volta de onde houve notificação de dengue, entre outras, são realizadas periodicamente. Além disso, há também a utilização de produtos químicos de tratamento focal e educação em saúde realizada pelos agentes em suas visitas.

Neste período de muito calor e chuvas, é extremamente necessária a limpeza de calhas, quintais, terrenos baldios, bueiros, ribeirões, enfim, acabar com tudo que possa acumular água parada. Por isso, enfatizamos, mais uma vez,a necessidade da participação efetiva de todos (agentes de Saúde em geral, setores de limpeza pública, comércios, principalmente a população em geral). Se estiver havendo infestação de pernilongos é porque existe mato, ribeirões sujos ou depósitos com água parada. Por isso, é importante cada um fazer a sua parte.

A seguir, algumas dicas de locais onde os pernilongos podem estar se reproduzindo e de como eliminá-los:

  • Fossas, cisternas e caixas d'água devem ser tampadas;
  • Calhas devem ser desempenadas e desentupidas de folhas para facilitar o escoamento da água;
  • Vasos sanitários em desuso precisam ser mantidos fechados;
  • Ralinhos externos e caixas de escoamento de água de chuva devem ser mantidos fechados;
  • Lajes devem ter bom escoamento ou a água deve ser retirada manualmente com a ajuda de rodo;
  • Plantas que acumulam água próximo de casas (bromélias) devem ser borrifadas com água sanitária uma vez por semana, de preferência sempre no mesmo dia (uma tampinha para um litro de água);
  • Pneus úteis devem ser mantidos em local coberto e os inúteis devem ser encaminhados para o lixão (onde são monitorados a cada 15 dias).

Outras dicas:

  • Fechar portas e janelas antes do entardecer,
  • Instalar telinhas nas janelas ou usar mosquiteiros;
  • O uso do ventilador também é bom, já que o mesmo desestabiliza o vôo do pernilongo;
  • Óleos e essências à base de citronela também são ótimas opções por serem repelentes naturais;
  • Pernilongos ficam resistentes a repelentes, por isso revezar o uso ajuda muito;

OBS.: O fumacê é um produto liberado pela Gerência Regional de Saúde de Itabira, só para municípios com alto índice de infestação, o que não é o caso de Guanhães, portanto o combate, tanto dos pernilongos como do Aedes Aegypti deve ser diretamente ligado à água parada. A Vigilância Epidemiológica/Setor de endemias se coloca à disposição para maiores informações.

Rosangela Pego

Coordenadora de Endemias