Facebook
arte-clima-guanhaes

Mediação sanitária discute situação da saúde na região

57  Mediacao Sanitaria GuanhaesO empenho da atual administração junto ao Governo do Estado em buscar soluções para a crise no hospital regional conseguiu a realização de uma mediação sanitária para a região. A comissão, coordenada pelo CaoSaúde, chega nesta quarta-feira, dia 18, a Guanhães e se reúne, às 13 horas, no auditório do Hotel Estrela Dalva, com representantes das Promotorias de Justiça de Defesa da Saúde das comarcas de Guanhães, Rio Vermelho, Sabinópolis e Virginópolis.

Intitulada “LVII Reunião de Mediação Sanitária: Direito, Saúde e Cidadania”, o encontro tem por objetivos debater os problemas da saúde do município e região e apontar soluções e caminhos para organizar o sistema de saúde da região.

Entre outros assuntos em pauta estão: a garantia de acesso aos serviços de saúde hospitalares pela população local e regional, análise dos indicadores de saúde dos prestadores (hospitais), discussão dos vazios assistenciais, rede da Atenção Primária, rede de Atenção Psicossocial, rede da Atenção de Urgência e Emergência. Política Nacional de Hospitais de Pequeno Porte, Instituição de Comissão de Trabalho de Mediação Sanitária Microrregional, entre outros.

A estratégia da Mediação Sanitária, criada pela Resolução PGJ nº 78, de 18 de setembro de 2012, visa discutir os problemas, concretos e coletivos, de saúde em espaços compartilhados e democráticos, com participação de todos os atores, jurídicos ou não, com responsabilidade, direta ou indireta, na saúde pública.

"Mais importante do que a responsabilização sem solução dos problemas é a solução dos problemas com responsabilização coletiva. Assim, é possível reduzir as tensões e confrontos entre os diversos atores e, por conseguinte, a própria judicialização da saúde”, destaca o promotor de Justiça, Gilmar de Assis, coordenador do CaoSaúde.