Facebook
arte-clima-guanhaes

Veterinária ministra palestra sobre cinomose em Sapucaia

imagesDevido ao surgimento de vários casos de cinomose no Distrito de Sapucaia, a veterinária da Secretaria Municipal de Saúde, Paula Ferreira Campos, fará uma palestra na próxima sexta-feira, dia 24, às 9h30, na igreja local, para orientar os moradores sobre a doença, que atinge, principalmente, cães.

Paula explica que a doença é altamente contagiosa. A transmissão dá-se por meio do contato com secreções do nariz e boca do animal. O contágio pode ser através de um espirro do animal doente, espalhando a secreção ao redor e contaminando os cães que estejam por perto. “O período de incubação do vírus pode ser de três a seis dias, podendo se estender até 15 dias, ou seja, o animal doente pode manifestar os sintomas em até 15 dias”, explica a veterinária.

Para saber se o cão está com a doença, é preciso observar os seguintes sintomas: febre, indisposição e falta de apetite, secreções nasal e ocular, anorexia, depressão, vômito, diarreia, desidratação, dificuldades respiratórias, hiperceratose do focinho e dos coxins plantares, mioclonia e sintomatologia neurológica. “Existem casos de animais doentes, sem apresentarem sintoma algum, mas esses animais disseminam a doença como qualquer outro”, alerta Paula.

A veterinária explica que o tratamento da Cinomose é sintomático, procurando diminuir a intensidade dos sintomas decorrentes da doença, enquanto o organismo do animal tenta recuperar. “Porém, se a doença estiver em um estágio avançado, muitas vezes o dono escolhe sacrificá-lo devido ao seu bem-estar”, destaca a veterinária, observando que a eutanásia se faz necessária muitas vezes, por conta da evolução da doença, considerada doença neuro-degenerativa.

head-merial-cinomose-2010 485 tcm28-152841

Não deixe de vacinar o seu animal uma vez por ano contra a Cinomose, e evite assim o sofrimento do seu cão e de outros com os quais ele tenha contato.

Nos filhotes de até 12 semanas de idade, recomenda-se a aplicação de três doses de vacina contra Cinomose. Depois de 12 semanas de idade, recomenda-se uma dose de vacina para a proteção contra a Cinomose. Nos adultos, a indicação é a revacinação anual.