Facebook
arte-clima-guanhaes

Belezas Naturais

Logo aprovada - CTRDGuanhães (MG) faz parte dos Circuitos da Estrada Real e das Trilhas do Rio Doce. O município possui grande potencial para a exploração do ecoturismo, turismo de aventura e rural.

Ao visitar Guanhães, o turista vai encontrar cachoeiras praticamente intocadas, duas áreas de preservação ambiental que abrigam espécies exóticas da fauna e da flora e guardam vestígios do período colonial, além de vários outros atrativos.

 

 

 

 

Parque Estadual Serra da Candonga

Candonga1Situado em área de domínio da Mata Atlântica, com relevo suavemente ondulado, o Parque abriga cerca de 20 nascentes que formam os córregos Barra Mansa, Barreira e Conquista.

Além das belezas naturais, o Parque preserva uma fazenda histórica e bocas de minas, de onde era extraído o ouro no Período Colonial.

O Parque abriga ainda a Pedra da Candonga ou do Urubu, um ponto de referência por estar próximo às antigas minas de ouro do Candonga.

A riqueza da flora é fácil de ser conferida. Imponentes exemplares de sucupira, jacarandá, ipê, braúna, quaresmeira, peroba-rosa, canela, angico, dentre outras, integram a cobertura vegetal arbórea nativa.

A fauna é composta por macacos, quatis, pacas, capivaras, tatus, catitus, entre outros, além de aves como jacus, sabiás, trinca-ferros, curiós, siriemas, bem-te-vis, etc.

Algumas espécies ameaçadas de extinção também fazem do Parque a sua morada, como a onça-pintada, o lobo-guará e o tamanduá-bandeira.

APA da Pedra da Gafurina

GAFURINA1A APA - Área de Preservação Ambiental da Pedra da Gafurina está localizada no Distrito de Farias, a 35 Km do centro de Guanhães.

A área abriga um maciço de granito chamado de Pedra da Gafurina, tombada como Patrimônio Natural Paisagístico pelo Decreto nº 3.341, de 17 de março de 2008. Próximo à Pedra da Gafurina há uma reentrância na rocha que se assemelha a uma caverna, conhecida como “capixaba”.

Ao visitar a Pedra da Gafurina, o turista poderá admirar as belezas da cachoeira de mesmo nome, além de percorrer por trilhas ecológicas, num verdadeiro turismo de aventura. É necessário guia.

Gafurina significa “cabelo mal arrumado”. Outra referência é ao nome de uma artista com o sobrenome Gafurini.

O local possui beleza surpreendente, atraindo visitantes de vários lugares, entre eles romeiros, que procuram a Santa Cruz no dia 03 de maio, entre outras datas.

Outros atrativos

Cachoeira das Pombas: Localizada a 12 km do centro de Guanhães, em área particular de grande beleza natural, a cachoeira deságua numa piscina. Possui fauna de aves e roedores de grande porte e flora de mata nativa. Há quadras esportivas, chalés e área de camping.

cachoeira das pombas

Cachoeira do Sereno: Localizada no povoado da Barreira, fica a 37 km do centro de Guanhães. Registro de trilha de tropeiros e de transporte de ouro para o município de Santa Bárbara, margeada pelo Ribeirão da Barreira.

Cachoeira do Sereno

Cachoeira Fria ou Carranca: Localizada no distrito do Taquaral a 27 km do centro de Guanhães. Possui flora de orquidário e bromeliário natural e fauna de aves e roedores de grande porte.

Cachoeira dos Rodrigues: Localizada na comunidade dos Maias, distante 17 km do centro de Guanhães, possui mata nativa com espécies de madeira de lei, árvores centenárias.

Cachoeira dos Witu: Localizada no povoado da Barreira, fica a 35 km do centro. Há a hipótese que o nome da cachoeira originou-se de um quilombo. Possui fauna de aves e roedores de grande porte e flora de mata nativa fechada.

Cachoeira dos Witus

Cachoeira da Fumaça: Situada entre os distritos de Sapucaia e Taquaral, a 38 km do centro de Guanhães, a cachoeira está cercada de bela fauna e flora, com bromelidário e orquidário natural.

Cachoeira da FumaaA

Cachoeira da usina: localizada a 17 km de Guanhães, a cachoeira é formada pelo rio Corrente e fica numa área particular.

Lagoa Grande: Localizada a 12 km de Guanhães. Sua margem direita pertence à Fazenda Lagoa Grande e a esquerda à Cenibra Florestal. A Lagoa fica numa área particular e foi formada por uma tromba d’água e sua cabeceira é alimentada por quatro nascentes.

lagoa grande

Pedra Pederneira: Localizada numa propriedade particular. Detalhe: pedra de onde se tiravam lascas para confecção do carimbo, isqueiro primitivo.

Morro do Quartel: localizado a 19 km do centro de Guanhães, a área do morro é formada por vales, extensos horizontes, muitas bromélias, orquídeas, animais como roedores e pássaros.

Fazenda dos Maias: Localizada na comunidade dos Maia, há 15 Km do centro de Guanhães, tem mata nativa com madeira de lei, inclusive com árvores centenárias.